Notícias

13/11/2019 - Soja

Áreas de soja na região Sul podem ter problemas com temporais amanhã


As chuvas podem dificultar o avanço dos trabalhos de semeadura da soja nos próximos dias na região Sul do país. Amanhã (14/11) há previsão de verdadeiros temporais. Em diversos municípios há expectativa é de mais de 30 mm. Os modelos de previsão indicam inclusive que ele pode dar origem a um fenômeno conhecido como Ciclone Extratropical, quando a baixa pressão fica mais intensa e provoca chuva forte. Os ventos associados ao ciclone devem passar de 100 km/h entre áreas do Sul e parte do Sudeste. Além disso, há previsão de muitas descargas elétricas e risco de granizo no Sul.

SUL
O Rio Grande do Sul deve registrar chuvas tanto nestes próximos dois dias. Nesta quarta parte dos municípios produtores de soja pode ter desde garoas com 3 mm, como é o caso de Passo Fundo, até alguns temporais de 30 mm acumulados em Santo ngelo. Na quinta-feira a tendência é que esses temporais se espalhem por todo o estado e tragam danos a algumas lavouras recém semeadas, pois os volumes acumulados podem chegar a 60 mm em Passo Fundo, Carazinho e Três Passos.

No Paraná a tendência é a mesma do estado vizinho, só que com acumulados menores. Nesta quarta os maiores acumulados acontecem ali próximo a Francisco Beltrão e Pato Branco, com até 20 mm. Na quinta boa parte do estado terá chuvas mais volumosas com média de 30 mm acumulados. A exceção acontece próximo a Toledo com até 50 mm acumulados.

Santa Catarina, no entanto, deve ter problemas nos dois dias. Em Chapecó, na parte oeste, as chuvas podem superar a marca de 50 mm acumulados nesta quarta e de quase 100 mm na quinta-feira. Muita água que pode danificar lavouras de soja recém instaladas.

SUDESTE
Em São Paulo a quarta-feira ainda deve reservar apenas algumas garoas para boa parte das regiões produtoras de soja, com média de 3 mm acumulados. A partir de quinta-feira as precipitações ganham intensidade e municípios como Itapeva, na parte sul, podem ter até 25 mm acumulados.

Em Minas Gerais as chuvas seguem inconstantes nestes dois próximos dias. Uberaba e Patos de Minas devem ter no máximo garoas de 2 mm nesta quarta, enquanto Uberlândia e Unaí terão tempo seco. Na quinta as instabilidades aumentam um pouco, mas nada que passe dos 5 mm, sendo que Unaí seguem com tempo seco, enquanto Uberaba deve ter garoas.

CENTRO-OESTE
As chuvas retornam para parte do Centro-Oeste, mas de maneira tímida. Em Mato Grosso do Sul as chuvas acumuladas devem ser de no máximo 5 mm nesta quarta, com exceção a Campo Grande que pode ter mais de 10 mm. Na quinta-feira, e exemplo do Sul do país, as chuvas serão bastante intensas para alguns municípios, podendo chegar a 50 mm em Iguatemi e 30 mm Bodoquena.

Em Mato Grosso as garoas darão o tom dos dois próximos dias. Os volumes acumulados médios não devem passar dos 3 mm nesta quarta, e 2 mm na quinta. Canarana segue com poucas ou nenhuma chuvas nos próximos dias.

Em Goiás o tempo seco deve prevalecer nos dois próximos dias na maioria do estado. Algumas garoas podem ser registradas ali no sul do estado, próximo a Mineiros, com no máximo 3 mm.

NORDESTE
Para as áreas de soja do Matopiba, segue a previsão de tempo seco e quente nos próximos dias. Somente ali em Balsas no Maranhão há a chance de uma leve garoa nesta quarta, mas isso pode não se confirmar. Na quinta o tempo volta a se firmar e as temperaturas subirem.

NORTE
A combinação de umidade e calor provoca pancadas de chuva em grande parte da região Norte. Com possibilidade de maiores acumulados entre pontos isolados do Amazonas, Rondônia e Acre. O Tocantins segue com possibilidade de chuva muito isolada e sem grande volume.

Quinta-feira o tempo segue abafado e com possibilidade de pancadas isoladas em praticamente todo o Norte. A exceção fica por conta do leste tocantinense, onde o sol brilha forte e o tempo fica seco.

Por Daniel Popov
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.